Banner
Entre em contato conosco e solicite um orçamento.
Localização
Banner
Localização de fácil acesso pela Via Dutra e Ayrton Senna.
selo25.png



São aços para aplicação em componentes onde as propriedades são bem definidas para permitirem sua utilização em projetos que exigem dobramento e boa soldabilidade. Estruturas de galpões, máquinas e equipamentos. 



Aço carbono com amplas aplicações na indústria mecânica em geral, sem elementos de liga. Aço de boa soldabilidade e forjabilidade.

Aço com teor médio de carbono, de uso geral em aplicações que exigem resistência mecânica superior ao 1020 ou têmpera superficial (em óleo ou água). Aço de boa usinabilidade, boa resistência mecânica, média soldabilidade e alta forjabilidade.

Largamente utilizado na fabricação de eixos, pinos, bielas e virabrequins, na Indústria agrícola, automobilística, de máquinas e equipamentos, etc. Aço de boa resistência mecânica, média usinabilidade, baixa soldabilidade e temperabilidade relativamente alta. A dureza superficial, na condição temperada, varia de 54 a 59 HRc. As propriedades mecânicas deste aço poderão ser melhoradas, através de Nitretação.

Destinado à fabricação de eixos, bielas, virabrequins e peças com alta solicitação mecânica; na indústria aeroespacial; automobilística; de máquinas e equipamentos. Aço para beneficiamento de alta resistência mecânica, elevada temperabilidade, alta tenacidade, baixa usinabilidade e baixa soldabilidade. A dureza superficial na condição temperada varia entre 54 e 59HRc, podendo ser aumentada através de nitretação.

Amplamente utilizado na fabricação de engrenagens, pinos e peças onde há exigência de dureza superficial obtida pelo processo de cementação ou carbonitretação. Aço para cementação, de média temperabilidade, boa usinabilidade, boa soldabilidade e média resistência mecânica. A dureza superficial, na condição cementada e temperada pode alcançar 62 HRc, enquanto que a dureza de núcleo varia entre 30 e 45 HRc, dependendo da bitola.

Amplamente utilizado na fabricação de eixos, bielas e virabrequins, na Indústria agrícola, automobilística, de máquinas e equipamentos, etc. Aço de alta resistência mecânica, boa usinabilidade, alta tenacidade, elevada temperabilidade e baixa soldabilidade. A dureza superficial na condição temperada varia entre 52 e 57 HRc. As propriedades mecânicas deste aço podem ser melhoradas, através de Nitretação.

Este aço é destinado à fabricação de matrizes de estampos de grande porte, matrizes de extrusão a frio, ferramentas de furação, cunhagem, corte e puncionagem; rolos laminadores de rosca, calibradores, entrepontos para tornos, moldes para cerâmica, etc. Aço indeformável, com altos teores de carbono e cromo, temperável ao ar ou em óleo, de alta tenacidade, alta temperabilidade, alta resistência mecânica e alta resistência ao desgaste. O alto teor de molibdênio (Mo) confere a este aço uma boa resistência ao amolecimento pelo calor. Em função da composição química, este aço apresenta um ótimo balanceamento entre a resistência ao desgaste e a tenacidade. A dureza superficial, na condição temperada, pode alcançar 65,0 HRc.

Este aço é amplamente utilizado na fabricação de ferramentas de corte (matrizes e punções), ferramentas para forjamento a frio, cilindros para a laminação a frio, rolos para perfiladoras de tubos, cocinetes, lâminas para cortadores de plástico, madeira e chapas finas, etc. Aço para trabalho a frio, de elevada temperabilidade, alta resistência mecânica, alta resistência ao desgaste, alto grau de indeformabilidade e boa tenacidade. A dureza superficial, na condição temperada e revenida, pode alcançar 62,0 HRc.

Este aço é destinado à fabricação de ferramentas de corte, ferramentas para trabalho em madeiras, ferramentas para conformação de aços e metais não ferrosos, etc. É utilizado também na fabricação de instrumentos de medição onde há necessidade de estabilidade dimensional, tais como réguas, calibres, padrões, etc. Aço para trabalho a frio, ligado ao manganês-cromo-tungstênio, temperável em óleo, de elevada dureza, alta resistência ao desgaste e média tenacidade. A dureza superficial, na condição temperada e revenida, pode alcançar 64,0 HRc.

Este aço é especialmente destinado à fabricação de moldes de injeção de plástico e matrizes para a fundição sob pressão de ligas leves. Aço ferramenta de baixa liga, temperável em óleo, com boa usinabilidade e boa estabilidade dimensional durante o tratamento térmico. Apresenta alta polibilidade, sendo possível obter-se superfícies espelhadas, o que o torna apropriado para a fabricação de moldes de injeção de plásticos. Quando se desejar maior resistência ao desgaste, pode-se submetê-lo à tratamentos termo-químicos tipo cementação ou nitretação.

Este aço é destinado à fabricação de matrizes para forjamento a quente em prensas, fabricação de moldes para a injeção de plásticos e zamak, ferramentas para corte a quente, matrizes para a fundição de ligas de alumínio, chumbo, estanho ou zinco, ferramentas para a extrusão de ligas leves, etc. Aço para trabalho a quente, ligado ao cromo-molibdênio-vanádio, temperável em óleo ou ar, de excelente tenacidade, alta resistência mecânica e boa resistência ao desgaste em temperaturas elevadas. Apresenta boa resistência à fadiga térmica, ótima resistência ao choque térmico e ao amolecimento pelo calor.
 
(Aços Prata Tungstênio)
Amplamente utilizado na fabricação de vazadores, punções, pinos-guias para matrizes de injeção, esferas, pistas de rolamentos e em peças de grandes secções onde se exige alta temperabilidade. Aço para beneficiamento, de elevada temperabilidade, alta resistência mecânica e boa usinabilidade. A dureza superficial, na condição temperada pode alcançar 66,0 HRc.